Gratidão!! Nobre Qualidade! Sábias palavras!! "Por mais que façamos, jamais pagaremos o q

sexta-feira, 20 de abril de 2012

OLHOS DE ESMERALDA, CORAÇÃO DE DIAMANTE



Olhos de esmeralda,
duas gemas lapidadas.
Coração de diamante,
pedra bruta
preservada.

Seu brilho
atrai a cobiça,
admiração.
Transforma
o ódio
em compaixão.

Triste de quem
ousar,
tentar,
pensar,
que com ela
podes ficar.

Preso em seu peito,
anatomia
pode explicar.
Livre como
um pássaro,
poetisa
pode voar.

2 comentários:

  1. E a poetisa voa, encanta, trás nos olhos brilho de esmeralda. Sua voz soa, canta e trás no tom justa ressalva: Sou livre, quero continuar, livre pra voar... A poetisa deve estar feliz. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Lindo esse poema... Feliz da poetisa, musa inspiradora. Tenho certeza que ela ficou feliz!

    ResponderExcluir